jusbrasil.com.br
7 de Abril de 2020

Os porquês da desigualdade!

Por que a população brasileira vive duas realidades tão distantes uma da outra?

Mauricio Souza, Estudante de Direito
Publicado por Mauricio Souza
há 2 anos

Tornou-se lugar-comum afirmar que o trabalho escravo forneceu as bases para a construção do Brasil, desde o período colonial até próximo do final do império brasileiro, quando a Lei Áurea libertou os escravos no país. Formalmente, porque a população negra não teve oportunidade, nos planos econômicos e social, e de se integrar à vida nacional, podemos citar como exemplo, a escolha por mão de obra estrangeira ao invés da mão de obra daqueles, que até então, cuidavam de todo o serviço.

A essas pessoas, restaram, os papéis subalternos associados à pobreza material, analfabetismo, fazendo do negro liberto um 'cidadão' de segunda categoria, para não ter que usar palavras mais baixas.

Do século XV ao XIX, milhões de pessoas, os números variam muito e é difícil precisar, foram ARRANCADAS do seu mundo, acorrentadas e enviadas a locais estranhos para elas. Pessoas que perderam suas VIDAS, foram sucumbidas por um preconceito maldito!

Olho para nossa realidade social e vejo o tamanho do impacto negativo, que tamanha monstruosidade causou. Até os dias atuais se tem reflexo dessa dívida que dificilmente será sanada. Tal tratamento, a longo prazo desencadearia uma grande problemática, o baixo IDH.

Em questão de desenvolvimento humano o Brasil é o 10º país mais desigual no mundo, muito se vale de sua colonização, e a maneira pela qual foi criando sua gênese social desigual. Temos um longo caminho pela frente para combater essa dura realidade.

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)